• Debora Baldin, integrante do Canal das Bee

    1/3 Debora Baldin, integrante do Canal das Bee

    Herbet Castro, integrante do Canal das Bee

    2/3 Herbet Castro, integrante do Canal das Bee

  • Jessica Tauane, integrante do Canal das Bee

    3/3 Jessica Tauane, integrante do Canal das Bee

O objetivo do Bee Ajuda é arrecadar R$120 mil para oferecer atendimento psicológico gratuito a esses jovens com atendimento profissional de psicologia e ter o acolhimento psicológico adequado. Com a meta alcançada, o grupo pretende remunerar o psicólogo Bruno Bueno por um ano para realizar esse acolhimento.

O projeto está hospedado na plataforma de crowdfunding (ou vaquinha virtual, no português claro) Benfeitoria e pode ser feita por qualquer um, com doações a partir de R$ 10. Todo mundo que ajudar recebe recompensas – que diferem de acordo com a doação. Para conferir os valores de doações disponíveis, ajudar e ainda, de quebra, ganhar uma lembrancinha do Canal das Bee, clique aqui.

Abaixo você confere o vídeo que Herbet e Débora gravaram para a campanha #BullyingNãoÉMIMIMI do Catraca Livre:

https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2FCatracaLivre%2Fvideos%2F1360422483994759%2F&show_text=0&width=560

Além do acolhimento psicológico, outra meta do financiamento coletivo do Canal das Bee é a produção de um curta, dirigido por Fernanda Soares, outra integrante do canal, que pretende promover a representatividade na produção cultural, contando uma história sobre mulheres que amam mulheres.