Àqueles que talvez se tenham aborrecido pelo excesso de citações de textos alheios neste blog, sugiro ponderar sobre o que significa comunicar-se, senão citar.

Citar. Repetir palavras de outros. Não necessariamente repetir os pensamentos de outros junto com suas palavras. Mas fazer isso também não tem nada de mau, já que pensamentos também não têm originalidade inesgotável. Melhor repetir com honestidade, do que repetir pensamentos de uns usando palavras de outros para fingir que os primeiros e as segundas foram criações próprias.

Criações. O quão ilusório é pensar que se cria. Que se cria do nada, que se cria de si. Como se não fôssemos simplesmente vazios além do que foi depositado em nós pelos ventos e enxurradas da vida.

Se preciso tanto tomar dos outros os pensamentos, o que dizer das palavras… E quase não há palavras que possamos dizer na vida sem repetir as que nos foram ensinadas por outras pessoas.

Liberdade temos na escolha do que decidimos repetir. E nisto se resume o que possa haver de individual na comunicação.

Anúncios

Um comentário sobre “Citações

Há espaço para comentários, que só são publicados após dupla moderação, automática e manual. Mensagens ofensivas ou sectárias serão eliminadas automaticamente pelo software, e provavelmente ninguém jamais as lerá, por isso o tempo de escrevê-las é perdido desde o início.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.