Existência humana

Sou animal porque não posso viver senão à custa de morrer outro ser vivo. Sou humano porque posso saber que sou animal – sofro e faço sofrer – e que nasci – e antes já havia o mundo – e que morrerei – e depois continuará o mundo – e que o mundo sem mim é o mundo, e que eu sem o mundo não sou. Existo animal. Sou porque sei. Não sei porque sou. Quero, mesmo assim: existir, ser, saber e não saber – Deus.

Anúncios

Há espaço para comentários, que só são publicados após dupla moderação, automática e manual. Mensagens ofensivas ou sectárias serão eliminadas automaticamente pelo software, e provavelmente ninguém jamais as lerá, por isso o tempo de escrevê-las é perdido desde o início.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: