Congresso Internacional do Medo *

Provisoriamente não cantaremos o amor,
que se refugiou mais abaixo dos subterrâneos.
Cantaremos o medo, que esteriliza os abraços,
não cantaremos o ódio porque esse não existe,
existe apenas o medo, nosso pai e nosso companheiro,
o medo grande dos sertões, dos mares, dos desertos,
o medo dos soldados, o medo das mães, o medo das igrejas,
cantaremos o medo dos ditadores, o medo dos democratas,
cantaremos o medo da morte e o medo de depois da morte,
depois morreremos de medo
e sobre nossos túmulos nascerão flores amarelas e medrosas.

Carlos Drummond de Andrade in ‘Sentimento do Mundo’ (Editora Record)

Publicado primeiro em 1001 Livros Brasileiros Para Ler Antes de Morrer, lindo blog do qual me tornei seguidor e recomendo aos amigos que também o façam.

Grande Sertão: Veredas

Com que, então, finalmente li o grande livro de Guimarães Rosa. Grande, grandioso, em todos os sentidos e direções. Como é que cheguei a esta altura da vida sem nunca tê-lo lido é que me escapa. Mas não me queixo: quase certo de que não teria antes maturidade para entendê-lo, apreciá-lo e senti-lo. Caso não o tenha lido e deseje fazê-lo sem saber mais de sua história, não prossiga na leitura. Como dizem os jovens: spoiler alert! E não se demore, vá buscá-lo e lê-lo, é fácil de encontrar, inclusive na internet.

Leia mais deste post